Liderança com Integridade

Liderança com Integridade

Independentemente do estilo ou estilos que utilize com mais frequência para liderar as pessoas, o líder deverá ter uma competência inabalável: a sua integridade. E o líder íntegro tem a capacidade de aceitar quando erra e de corrigir os seus erros sem receios, revelando que afinal é uma pessoa com qualidades e defeitos.

Abordo a questão da liderança com integridade, dado que ambos estão presentes no nosso quotidiano, mas às vezes é importante reforçar e falar sobre os mesmos.

Numa breve e rápida definição sobre Liderança, e fazendo a diferenciação de líder e chefe: "o líder diferencia-se do chefe, que é aquela pessoa encarregada por uma tarefa ou actividade de uma organização e que, para tal, comanda um grupo de pessoas, tendo autoridade de mandar e exigir obediência."

Uma abordagem que incide sobre as competências de um líder ser diferentes de um chefe. O chefe manda nas pessoas, o líder ensina o caminho que deve ser tomado em conjunto para se alcançarem os resultados. E, nesse processo, a forma como ele se posiciona face às suas pessoas, à organização, aos clientes e mesmo na sua vida pessoal e familiar, contribui e muito para o seu sucesso.

Independentemente do seu estilo de liderança, a sua forma de actuar fará a diferença positiva ou negativa na sua acção de liderar. Qual o tipo de liderança desejável ou adequado? Recordando os diferentes estilos de liderança, para consolidar a ideia:

a) Estilo Visionário - canaliza as pessoas para visões e sonhos partilhados. Adequa-se às situações em que ocorram mudanças que exigem uma nova visão ou, quando necessária, uma orientação clara. O efeito sobre o clima de trabalho é fortemente positivo;

b) Estilo Conselheiro - relaciona os desejos das pessoas com os objectivos da organização. Adequa-se às situações em que é necessário ajudar um empregado a ser mais eficiente, melhorando as suas capacidades a longo-prazo. O efeito sobre o clima de trabalho é positivo;

c) Estilo Relacional - cria harmonia melhorando o relacionamento entre as pessoas. Adequa-se às situações em que é necessário resolver e sarar conflitos num grupo; dar motivação em períodos difíceis; melhorar o relacionamento entre as pessoas. O efeito sobre o clima de trabalho é positivo;

d) Estilo Democrático - valoriza o contributo de cada um e obtém o empenho das pessoas através da participação. Adequa-se às situações onde se pretende conseguir adesão ou consenso; obter o contributo dos empregados. O efeito sobre o clima de trabalho é positivo;

e) Estilo Pressionador - atinge objectivos difíceis e estimulantes. Adequa-se às situações em que leva uma equipa competente e motivada a produzir resultados de elevada qualidade. O efeito sobre o clima de trabalho é por vezes muito negativo, porque é frequentemente mal executado;

f) Estilo Dirigista / Autoritário - acalma os receios dando instruções claras em situações de emergência. Adequa-se a situações de crise; para desencadear uma reviravolta na situação; com subordinados difíceis. O efeito sobre o clima de trabalho é muito negativo, por ser muitas vezes mal utilizado. (...)

(Leia o artigo integral na edição 563 do Expansão, de sexta-feira, dia 28 de Fevereiro de 2020, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i