Três sectores com financiamentos de 1.245 milhões Kz

Três sectores com financiamentos de 1.245 milhões Kz
Foto: César Magalhães

Três sectores da economia nacional contam com um investimento de 1.245 milhões Kz provenientes de bancos comerciais para financiar o Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (PRODESI).

O agro-negócio lidera com 863 milhões Kz (69,3%), seguido pelo sector alimentar com 236 milhões Kz (19%), logística e distribuição de produtos do agro-negócio aparece na terceira posição com 146 milhões Kz (11,7%). Criado em 2019 pelo Governo, o crédito destinado ao PRODESI, é para os produtos dos 54 prioritários da cadeia produtiva.

O secretário de Estado para a Economia, Mário João, explicou que desde o início do ano foram registados 93 projectos para a aquisição do microcrédito, com a aprovação de 83. Quanto a não aprovação de alguns projectos de empreendedores, o governante acrescentou que entre os principais motivos estão insuficiências nos estudos de viabilidade económica e financeira, ausência de garantias reais, identificação dos beneficiários efectivos, bem como a falta de organização contabilística e situação irregular dos empreendedores. Em termos de área territorial, entre as províncias com mais produtores registados destacam-se a Huíla com 1.556, Bié 1.448 e Huambo com 1.444.

O responsável explicou ainda que para apoiar as vendas, foi criado o portal da produção onde estão registados até ao momento 9.469 produtores. "A principal meta é atingir os 10 mil produtores até o final do ano", disse.

(Leia o artigo integral na edição 613 do Expansão, de sexta-feira, dia 26 de Fevereiro de 2021, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i