Instituições de microfinanças avançam com associação do sector

Instituições de microfinanças avançam com associação do sector
Foto: D.R.

s instituições de microfinanças de Angola vão criar a sua associação com o objectivo de ser a principal interlocutora dos associados junto das instituições públicas e privadas.

ASegundo o presidente da comissão instaladora, Hélder Catombela, a proclamação da associação, bem como a eleição e tomada de posse dos órgãos administrativos, nomeadamente a assembleia-geral e o conselho fiscal será realizada no próximo dia 24, quarta-feira, em Luanda.

As propostas de candidaturas serão apresentadas no momento, tanto para assembleia-geral como para o conselho fiscal. A associação que será denominada de Associação Angolana das Instituições de Microfinanças (AAIM) nasce com 10 instituições associadas, a maioria das quais com sede em Luanda, que terão estatuto de membros fundadores, fez saber o responsável. "Não há uma certeza de quantas mais irão ingressar na associação, mas há inúmeras instituições que têm exercido um trabalho de grande impacto no sector e que certamente terão algum interesse em juntar-se à causa", ressaltou.

Para o presidente da comissão instaladora, a proclamação da associação constitui o ponto mais alto do processo de institucionalização, uma vez que passa a ser um espaço que privilegia o debate e troca de experiência entre os vários actores, com o fito de traçar linhas de actuação para a melhoria das práticas e o contributo da indústria de microfinanças no desenvolvimento do País.

(Leia o artigo integral na edição 616 do Expansão, de sexta-feira, dia 19 de Março de 2021, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i