Abertura da Bolsa de Diamantes adiada para 2022

Abertura da Bolsa de Diamantes adiada para 2022
Foto: D.R.

O Ministério dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás anunciou que a Bolsa de Diamantes Angolana vai arrancar em regime experimental em 2022. A abertura da Bolsa de Diamantes em 2022 constitui um adiamento face ao desafio lançado pelo ministro dos Recursos Minerais e Petróleo, Diamantino Azevedo, às empresas do sector diamantífero para se criar condições para a instalação ainda em 2021.

O presidente da Endiama, Ganga Júnior, havia confirmado a abertura em finais deste ano. Não foram anunciados motivos para o adiamento. O Expansão tentou sem sucesso obter esclarecimentos junto da Endiama e Ministério dos Recursos Minerais Petróleo e Gás.

Em 2020, quando lançou o desafio, Diamantino de Azevedo defendeu que é um estímulo para o sector que a Bolsa inicie experimentalmente, mesmo que em instalações provisórias.

A Bolsa do Dubai surge como um dos modelos a seguir para a introdução da bolsa de diamantes em Angola, pelo que foi contratado como consultor, Peter Meeus, antigo presidente da Bolsa da Antuérpia (Belgica) e que esteve envolvido na abertura da Bolsa de Diamantes do Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Meeus vai liderar o grupo técnico que vai definir a Estrutura Organizacional e Gestão da Bolsa angolana.

(Leia o artigo integral na edição 618 do Expansão, de sexta-feira, dia 1 de Abril de 2021, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i