Saltar para conteúdo da página

EXPANSÃO - Página Inicial

Angola

Cláudio Paulino dos Santos exonerado de PCA da AGT e substituído por José Vieira Leiria

Após ano em que a receita fiscal atinge um recorde de 9,9 biliões Kz

José Vieira Leiria é o novo presidente da Administração Geral Tributária (AGT), substituindo no cargo Cláudio Paulino dos Santos, que foi exonerado por despacho da ministra das Finanças, Vera Daves, datado desta quinta-feira.

O novo PCA da AGT, nomeado pelo Despacho nº 186/22, de 20 de Janeiro, assinado também pela titular da pasta das Finanças, era administrador de Administração Geral Tributária e assume o cargo, após a AGT fechar as contas de 2021 com um recorde de receitas de 9,9 biliões Kz, um salto de 45,6% em relação ao montante arrecadado em 2020, de 6,8 biliões Kz.

A arrecadação de receita fiscal em 2021 ultrapassou mesmo, em 23%, a meta inicialmente definida, com um crescimento do número de contribuintes de 7,8% face a 2020, superior em 1,4 pontos percentuais à meta estabelecida de 5%, como o Expansão noticiou na sua edição da semana passada. O ano terminou com um cadastro de 6,2 milhões de contribuintes e uma receita de 9,9 biliões Kz, um salto de 45,6% em comparação com os 6,8 biliões Kz arrecadados em 2020.

A ministra das Finanças nomeou também esta quinta-feira dois novos administradores para a AGT, Roberta Vieira Lazzerini Malaquias, até aí directora-adjunta do Serviço Nacional de Contratação Pública, e Nerethz Faria Coelho da Cruz Tati, ex-directora da Direcção dos Serviços Aduaneiros da AGT. As duas novas administradoras substituem Santos Augusto Mussamo e Mónica Luena Ferreira Carneiro, ambos exonerados do cargo, por despacho ministerial.

Foram ainda nomeados Abraão Paulo Sakelo para o cargo de director-adjunto para a Área de Infraestruturas do Serviço de Tecnologias e Comunicação das Finanças Públicas e Ruben Paxi Quissanga para o cargo de director-adjunto para a Área de Sistemas de Informação do mesmo serviço.