Fracasso com sheik do Dubai obriga a novo concurso

Fracasso com sheik  do Dubai obriga  a novo concurso
Foto: D.R.

Quarenta e cinco empresas, entre nacionais e estrangeiras, concorrem à construção e financiamento do Terminal Oceânico da Barra do Dande depois de fracassado o acordo de entendimento com o sheik do Dubai, Ahmed Al-Maktoum, que, por ajuste directo, iria executar a empreitada, por cerca de 700 milhões USD, metade do que Isabel dos Santos iria receber antes de ver rescindido o contrato pelo Presidente da República, João Lourenço.

Segundo um comunicado de imprensa da Sonangol divulgado esta semana, o concurso para a contratação de serviços de engenharia, procurement, construção e comissionamento, e de financiamento, para a conclusão do Projecto do Terminal Oceânico da Barra do Dande, bem como o concurso para a fiscalização da empreitada, arrancou no final de Janeiro.

Esta é a terceira vez que a construção do Terminal Oceânico da Barra do Dande será atribuída a uma empresa. O projecto esteve inicialmente entregue à Atlantic Ventures, empresa detida por Isabel dos Santos, e em 2018 o Presidente João Lourenço revogou o decreto assinado pelo anterior Chefe de Estado, José Eduardo dos Santos, e ordenou a abertura de um concurso público internacional para adjudicação.

Em Dezembro do ano passado, João Lourenço autorizou por decreto a contratação, por ajuste directo, de consultoria especializada para a realização de estudos de viabilidade económica e financeira do terminal, no valor de 496 milhões Kz e 1,8 mil milhões Kz para a execução dos serviços de manutenção e preservação das infraestruturas existentes no Terminal Oceânico da Barra do Dande. Em função do Decreto Presidencial nº 177/20 de 15 de Dezembro, foram convidadas 45 entidades especializadas, nacionais e internacionais, com experiência comprovada na construção e fiscalização de infra-estruturas desta natureza", lê-se no documento distribuído pela petrolífera nacional.

(Leia o artigo integral na edição 611 do Expansão, de sexta-feira, dia 12 de Fevereiro de 2021, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i