Obras do PIIM no Muconda custam 2,2 mil milhões Kz

Obras do PIIM  no Muconda custam 2,2 mil milhões Kz
Foto: Adjali Paulo

As obras de construção de 18 projectos inscritos no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), no município do Muconda, na Lunda Sul, vão custar 2,2 mil milhões Kz.

Tratam-se de infra-estruturas como postos de saúde, escolas, residências para técnicos, extensão da rede eléctrica, bem como programas de saneamento básico nas três comunas da região, garantiu a administradora municipal, Maria Segunda.

A responsável avançou que neste momento, as obras estão executadas a 70%, cujo prazo para a conclusão é até Dezembro. "Se os empreiteiros continuarem a cumprir com o estabelecido nos contratos, as obras estarão concluídas nos prazos previstos".

Maria Segunda explicou que em termos de fiscalização das obras a administração vai ser mais rigorosa com as empresas destinas a este serviço, no sentido de garantir a qualidade das obras e o cumprimento dos prazos contratuais.

A gestora admitiu que a construção de novas escolas permitirá a inserção de centenas de crianças no sistema de ensino e outras deixarão de estudar debaixo de árvores e casebres. Por outro lado, a responsável destacou que o Plano Integrado de Intervenção no município do Muconda criou 725 postos de trabalhos, dos quais 421 indirectos.

Recorde-se que em Outubro do ano passado, na Lunda Sul, duas escolas de sete salas de aulas cada, localizadas nos municípios do Dala e Muconda, foram demolidas por não cumprirem com o padrão exigido em termos de qualidade das obras. As infra-estruturas estavam avaliadas em mais de 170 milhões Kz.

(Leia o artigo integral na edição 612 do Expansão, de sexta-feira, dia 19 de Fevereiro de 2021, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i