BNA "deixa cair" a terceira startup que operava sem licença

BNA "deixa cair"  a terceira startup que operava sem licença
Foto: César Magalhães

O Banco Nacional de Angola (BNA) suspendeu, no espaço de 10 meses, a terceira empresa de serviços financeiros digitais que operava no mercado angolano sem autorização nem licença do banco central, a "Angobit", que fica proibida de continuar a exercer a actividade.

Antes da suspensão da "Angobit", o BNA já tinha proibido operações à "Mempresta" e à "Trocakwanzas", outras empresas de pagamentos digitais que operavam sem licença do banco central. Qualquer uma destas três denominações não apresentou qualquer processo de constituição ou pedido para o exercícios de actividades financeiras.

As operações da "Angobit" foram tornadas públicas através das redes sociais A empresa apresenta-se como prestadora de "serviços de pagamento, concretamente, a emissão de cartões de pagamentos da rede VISA", além de oferecer serviços de câmbio, conforme se lê num anúncio na sua página na internet.

Por sua vez, o banco central fez sair um comunicado a alertar os agentes económicos, aconselhando-os a terem cuidado ao estabelecer relações de negócio com entidades, que, não estando legalizadas, apresentam fortes sinais de fraude financeira ou burla.

Ao Expansão, dois criadores de soluções de pagamento digital que tentam obter a licença de operação junto do BNA queixam-se da "burocracia" no processo e daquilo que chamam de "compadrio" na selecção das propostas quando vão a concurso junto do banco central. "A continuar assim, não vamos chegar aos pés de países como o Ruanda, Quénia ou mesmo a África do Sul, onde esse tipo de soluções nem é o banco central a decidir", apontou um empreendedor digital.

Actualmente, encontram-se licenciadas 18 sociedades prestadoras de serviços de pagamento, entre as quais a sociedade Angolaexpress Money, a Unitel - serviços de pagamento móveis e kwattel - serviços de pagamentos móveis, os dois últimos na vertente digital.

(Leia o artigo integral na edição 613 do Expansão, de sexta-feira, dia 26 de Fevereiro de 2021, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i