Uíge aposta na produção em grande escala da mandioca e batata-doce

Uíge aposta na produção em grande escala da mandioca e batata-doce
Foto: D.R.

Há três meses como governador da província do Uíge, José Carvalho da Rocha, lançou como aposta do seu programa de governação o cultivo de mandioca e batata-doce em grande escala, aproveitando assim as condições climáticas da província.

O governador falava em conferência de imprensa à chegada da pool de 30 jornalistas de vários órgãos de comunicação que integram o projecto "Andar o País - Pelos Caminhos da Agricultura e Desenvolvimento", promovido pela Luanda Antena Comercial (LAC).

"Uíge é uma província que tem condições propícias para as culturas da mandioca e batata-doce em grande, então vai ser uma aposta que nós vamos fazer", referiu o governador provincial, que especificou que no caso da batata-doce o clima propício permitiu quantidades relevantes de produção na região do Songo.

Para além destes dois tubérculos, José Carvalho da Rocha referiu aos jornalistas, no arranque da iniciativa "Andar o País", que a província está a desenvolver projectos para potenciar a produção de maracujá, abacate e laranja.

O projecto "Andar o País - Pelos Caminhos da Agricultura e Desenvolvimento" que vai percorrer o perfil agrícola de Angola até o dia 27 de Fevereiro, iniciou a sua jornada esta segunda-feira, na província do Uíge e depois seguirá para Malanje, Huambo, Huíla, Benguela, Bié, Cuanza Sul e Cuanza Norte.

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i