Remessas dos emigrantes egípcios contrariam tendência e sobem 10,5%

Remessas dos emigrantes egípcios contrariam tendência e sobem 10,5%
Foto: D.R.

As remessas dos emigrantes egípcios aumentaram 10,5% em 2020, para os 29,6 mil milhões USD, contrariando a tendência de queda registada durante a pandemia da Covid-19, anunciou o Banco Central do Egipto, em comunicado.

O aumento das remessas dos trabalhadores egípcios que estão no exterior, que em 2019 se fixaram em 26,8 mil milhões USD, está em contraciclo com as estimativas das organizações internacionais. O Banco Mundial estimou que os fluxos de remessas de trabalhadores expatriados para países de baixa e média renda iriam diminuir 7% em 2020 para os 508 mil milhões USD. Tendência que se mantém em 2021, segundo o Banco Mundial, estimando que diminuam 7,5% para os 470 mil milhões USD.

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i