Fundo de Riqueza Russo vai abandonar os activos em USD e aprofunda relação com China

Fundo de Riqueza Russo vai abandonar os activos em USD e aprofunda relação com China
Foto: D.R.

O Fundo Nacional de Riqueza da Rússia (NWF, sigla em inglês) passa a deter 40% dos seus activos em euros, 30% em yuans e 20% em ouro, ao passo que o iene japonês e a libra esterlina representarão 5% cada.

O Fundo Nacional de Riqueza da Rússia (NWF) vai vender todos os seus activos em dólares americanos, dentro de um mês, aumentando as suas participações em euros, yuans chineses e em ouro.

Desde a imposição de sanções por parte dos países ocidentais, em virtude da anexação da Crimeia em 2014, a Rússia tem reduzido gradualmente as suas reservas em USD, assim como tem procurado desvincular-se parcialmente do sistema financeiro ocidental.

Com a medida ora adoptada, o fundo NWF deterá 40% dos seus activos em euros, 30% em yuans e 20% em ouro, ao passo que o iene japonês e a libra esterlina representarão 5% cada.

De acordo com o Ministério das Finanças russo, no dia 1 de Maio, o volume do Fundo Nacional de Riqueza da Rússia era de 185,9 mil milhões USD, equivalente a 12% do PIB projectado para 2021. Este fundo integra as reservas de ouro e cambiais russas, que no dia 27 do mesmo mês totalizavam 600,9 mil milhões USD.

(Leia o artigo integral na edição 628 do Expansão, de sexta-feira, dia 11 de Junho de 2021, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i