O PIB, números do INE e a incoerência com a realidade

O PIB, números do INE e a incoerência com a realidade

O PIB é um instrumento de medida dos rendimentos, da despesa e da produção gerados numa dada economia, num dado período. O PIB nominal é o valor destas variáveis em moeda corrente; o PIB real é a medida destas variáveis em quantidade de bens.

Portanto, aparentemente, a melhor forma de medir o PIB real seria somar as quantidades, o que pode ser feito por vários métodos, dos quais destacamos o das medidas encadeadas de volume, que é o aplicado pelo INE.

Contudo, qualquer que seja o método usado, a sua validade está condicionada a serem medidos apenas produtos finais produzidos internamente: os produtos finais externos e as matérias-primas têm de ser convertidos em produtos finais internos equiparáveis, sem o que deixa, imediatamente, de haver equivalência entre os rendimentos das pessoas(1) e despesa(2), de um lado, e a produção, de outro. Em termos práticos, uma vez que o cálculo é feito com base nos dados da produção interna, a produção de matérias-primas vendidas ao exterior tem de ser convertida em produtos finais internos.

Se produzirmos bananas e as exportarmos, o preço no mercado mundial é pouco relevante; se o preço cair exportamos menos, mas podemos, em alternativa, consumi-las internamente. Quando exportamos petróleo bruto não é assim, porque não temos alternativa de consumo interno; se não houver exportação tem de se deixar de produzir.

*Economista e director do Cinvestec

(Leia o artigo integral na edição 628 do Expansão, de sexta-feira, dia 11 de Junho de 2021, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i