Saltar para conteúdo da página

Logo Jornal EXPANSÃO

EXPANSÃO - Página Inicial

Angola

Comemoramos hoje o 15º Aniversário

27 de Fevereiro 2024

O nº1 do jornal Expansão foi publicado no dia 27 de Fevereiro de 2009. Quinze anos depois, com um projecto sólido e implantado no mercado, agradecemos a todos os que colaboraram nesta caminhada, aos nossos leitores que se mantiveram fiéis e aos nossos anunciantes que sempre acreditaram no sucesso da publicação.

O Expansão completa o seu 15º aniversário. Criado com o objectivo de ser um jornal de notícias de negócios, cresceu ao longo do tempo para cima e para os lados, ocupando hoje um espaço indiscutível na imprensa angolana. Na hora do balanço, não vale a pena ter falsas modéstias, até porque temos um enorme orgulho no que fazemos, também nos dá um imenso trabalho, tal como deu a todos os que por aqui passaram e ajudaram a escrever a nossa história.

Hoje o desafio é muito maior, porque em termos económicos e financeiros é preciso informar com objectividade, verdade e transparência, não deixar que a estratégia da impunidade acabe por resultar, que os nossos poderes aos diversos níveis não se sintam à vontade para fazer o que querem sem dar explicações, o que seria francamente mau para todos e, em especial, para o futuro do País. Esta vocação patriótica é hoje o valor mais importante do jornal.

Uma parte importante do trabalho do Expansão é exactamente essa, repor os factos tal como são, trazer a verdade dos números, ter análises descomprometidas, abrir as páginas à pluralidade de opiniões, deixar os técnicos falar do que sabem, evitando que amorfia do "está tudo bem" ou do "nós temos sempre razão" se espalhe. É na diversidade que está a evolução. É assim na natureza e é assim na vida dos países.

Também sabemos que era mais simples dizer que sim, baixar a cabeça e estender a mão, mas sinceramente, essa não é vocação do jornal nem os valores de quem cá trabalha. Não é fácil manter uma equipa motivada quando vêem os colegas dos outros órgãos receber envelopes nas entrevistas e reportagens, quando são questionados com dureza apesar de terem razão, de se sentirem marginalizados só porque fizeram o trabalho de casa e colocaram a pergunta incómoda.

Mas também foram eles que escolheram este caminho e por isso mesmo os meus parabéns vão em primeiro lugar para todos os que fazem o jornal, jornalistas, fotógrafos e gráficos, mas também todos aqueles, do administrador à senhora da limpeza, que garantem as condições para que possamos sair todas as semanas. Não é possível ter sucesso sem ter uma grande equipa e a nossa é a melhor do País.

Mas os meus parabéns vão também para os que acreditaram e continuam a acreditar no nosso trabalho, comprando e divulgando o jornal, associando as suas marcas e eventos ao nosso produto e, por isso, a todos os leitores e anunciantes, um enorme MUITO OBRIGADO.

Sei que pode parecer uma enorme bajulação, que eu tantas vezes critico, mas uma parte significativa dos parabéns que recebemos devem ser encaminhados para o accionista, que mantém uma posição de não ingerência na linha editorial do jornal, que não manda recados nem faz ameaças ao director ou aos jornalistas, provando ao mercado que é possível ter um meio de comunicação social a funcionar sem ter alinhamentos ou agendas específicas. Mas, mais, que a credibilidade e a independência também podem ser a base de um negócio de sucesso neste sector. Obrigado!

O Director