Gás natural: projecto de 30 mil milhões USD volta a ser negociado na Tanzânia

Gás natural: projecto de 30 mil milhões USD volta a ser negociado na Tanzânia
Foto: D.R.

O governo da Tanzânia espera concluir, em seis meses, um acordo para a exploração do gás natural de 30 mil milhões USD, depois da suspensão das negociações, em 2019, que envolveram a Shell, Exxon, Ophir Energy, Pavilion Energy e Equinor ASA.

As negociações falharam após o Governo do Presidente John Magufuli, ter alterado a legislação da mineração e ordenar a renegociação dos contratos. A nova Presidente, Samia Suluhu, pediu o retomar das conversações, mas enfrenta a desconfiança dos investidores, que querem um acordo em "tempo hábil", como escrevem Frederik Grootendorst, presidente da Shell, e Mette Halvorsen Ottoy, gestor nacional da Equinor, que teve prejuízos de 982 milhões USD com o projecto.

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i