Saltar para conteúdo da página

Logo Jornal EXPANSÃO

EXPANSÃO - Página Inicial

Mundo

Banco central da Nigéria se prepara para aumentar taxas de juros

Em Fevereiro

Até o final de 2023, a naira (moeda oficial da Nigéria) havia se desvalorizado em 55% em relação ao dólar americano. Os analistas preveem uma nova desvalorização da moeda nigeriana em breve.

O comitê de política monetária (MPC, na sigla inglesa) do banco Central da Nigéria anunciou que vai reunir nos 26 e 27 de Fevereiro, para decidir o curso da política monetária. Na agenda está um aumento das taxas de juros.

A última reunião do MPC da Nigéria foi realizada em Julho, quando o banco central aumentou as taxas menos do que o previsto, 25 pontos base, para 18,75% - desde então, a inflação disparou e o naira permaneceu sob pressão.

De acordo com a Blomberg, espera-se que o banco central da Nigéria aumente as taxas de juro em até 500 pontos base no próximo mês e forneça clareza sobre a gestão cambial, que é responsabilizada por afastar os investidores.

Até o final de 2023, a naira (moeda oficial da Nigéria) havia se desvalorizado em 55% em relação ao dólar americano. Os analistas preveem uma nova desvalorização da moeda nigeriana em breve.

O valor do naira derrapou após um turbilhão de reformas monetárias do novo presidente Bola Tinubu visando a harmonização da rede de taxas de câmbio da Nigéria, que anunciou o fim do sistema de taxas de câmbio múltiplas do país, usado para manter artificialmente o naira forte. Como resultado, em Junho do passado, o banco central da Nigéria suspendeu as restrições comerciais no mercado oficial, levando a naira a um nível baixo recorde. Diante desse cenário, a inflação disparou para 28,2%, juntamente com a desvalorização da moeda nacional.