Saltar para conteúdo da página

EXPANSÃO - Página Inicial

Empresas & Mercados

Angola LNG vai ter acesso a mais gás não-associado

ALTERAÇÃO CONTRATUAL ABRE CAMINHO A NOVOS INVESTIMENTOS

O projecto Angola LNG, que não tem conseguido aproveitar toda a capacidade instalada na unidade do Soyo, província do Zaire, por falta de matéria-prima, vai ter acesso a mais gás proveniente de descobertas dedicadas (gás não-associado).

O processo sofreu avanços nos primeiros dias de Janeiro, quando foi publicado em Diário da República o Decreto Presidencial n.º 10/23. "Para permitir o contínuo funcionamento da fábrica do Angola LNG foram identificados projectos de gás não-associado que conduziram à negociação de novos termos contratuais entre a concessionária nacional e o Angola LNG", anuncia o referido decreto. Até ao momento, o Angola LNG recebe apenas gás associado, ou seja, matéria-prima que resulta directamente da exploração petrolífera.

No passado, o gás natural era visto como um subproduto inútil, dado que o seu aproveitamento era proibitivamente caro. No entanto, com a evolução tecnológica, o gás natural responde agora por 22% do consumo de energia do mundo e a sua procura está a crescer.

Em Angola, até à implantação do Angola LNG, o gás natural associado era queimado. Com a anunciada alteração contratual, fica aberto o caminho para o Angola LNG aumentar o investimento em pesquisa dedicada apenas à busca por gás natural. A decisão é também uma consequência da forte valorização do gás natural nos mercados internacionais.

Só nos primeiros nove meses do ano passado, as receitas brutas com a exportação de gás chegaram aos 4.356 milhões USD (21% acima dos 3.614 milhões USD arrecadados durante os 12 meses de 2021), representando 11% do total das exportações do País e valendo já cerca do triplo das receitas dos diamantes. Em 2021, a receita com a exportação de diamantes subiu substancialmente para o melhor resultado dos últimos anos, alcançando os 1.550 milhões USD. Contudo, não foi suficiente para ultrapassarem o gás, cujas receitas se fixaram nos 3.614 milhões USD.