Saltar para conteúdo da página

EXPANSÃO - Página Inicial

África

Cabo Verde prevê inflação recorde de 8% em 2022

África

O Governo cabo-verdiano prevê uma inflação em 2022 de 8%, mais pessimista que o banco central de Cabo Verde (BCV), que aponta a 7,3%.

A previsão do Governo justifica-se pelo impacto da subida dos preços nos produtos alimentares e no sector energético provocada pela guerra entre a Rússia e a Ucrânia e a acontecer será o valor mais alto desde os 8,7% registados em 1997.

De acordo com o instituto de estatística do país, no Iº trimestre deste ano, a taxa média chegou a 3,8%, sendo que no mesmo período de 2021 foi nula.

A economia cabo-verdiana regressou ao crescimento económico em 2021, depois da profunda crise em 2020, devido ao impacto da Covid-19 no sector do turismo, prevendo um crescimento do PIB que pode ultrapassar os 7%.