Saltar para conteúdo da página

EXPANSÃO - Página Inicial

Empresas & Mercados

Quarta edição do BFA Solidário com 280 milhões Kz para apoiar projectos de ONGs

Responsabilidade social

Dinheiro da 4ª edição será distribuído por 12 instituições dirigidas às crianças.

A quarta edição do Programa BFA Solidário, lançado esta segunda-feira em Luanda, conta com 280,5 milhões Kz, destinados a apoiar financeiramente actividades e projectos de organizações governamentais angolanas que contribuam para melhorar as condições de vida das crianças.

Os 280,5 milhões Kz serão distribuídos por 12 ONGs que concorram com projectos nas áreas de educação, saúde e inclusão social. As candidaturas estão abertas até ao dia 28 de Fevereiro e deverão ser entregues nos balcões do BFA definidos para o efeito, sem quaisquer custos para os candidatos.

Lançado em 2018, o BFA Solidário foi criado para mitigar os problemas de crianças em situação mais vulnerável, permitindo uma maior estabilidade ao nível das suas famílias, bem como das comunidades em geral.

"As Crianças são o bem mais precioso da nossa Nação, porque o Futuro de Angola depende delas. Por isso, no BFA acreditamos que é muito importante que as crianças angolanas tenham uma infância feliz, inserida de forma positiva e construtiva na sua comunidade e no mundo", afirma Luís Roberto Gonçalves, presidente da Comissão Executiva do BFA.

O BFA Solidário é uma das três frentes da acção do Banco de Fomento Angola, no âmbito da sua responsabilidade social. As outras duas são o BFA Voluntariado, programa que se desenvolve com o envolvimento dos seus colaboradores, e o BFA subsídios, através do qual a instituição financeira apoia, nomeadamente, as melhorias no serviço de pediatria do Hospital Central do Huambo e o programa nacional de combate à má nutrição aguda em Angola.